A Huawei apresentou hoje a sua muito aguardada família Huawei Mate 40. Mesmo na adversidade, a marca Chinesa exibe um enorme savoir faire que poucos têm ao seu alcance e, com os Mate 40 hoje apresentados, mostrou uma inalterada postura na busca pela inovação e equipamentos de prestígio. De facto, os Mate 40 trazem o primeiro processador de 5nm do mundo, e uma renovada aposta em fotografia líder de mercado.

Falemos primeiro da grande revolução: o HiSilicon Kirin 9000, um processador extraordinário que se torna no primeiro processador de 5nm a chegar ao mercado. A inteligência da Huawei em lançar os Mate nesta altura do ano sempre foi uma chave para o seu sucesso, já que lhe permite oferecer processadores de nova geração antes de qualquer concorrente. Teremos um brutal aumento na capacidade de processamento sobre a geração anterior, uns 30%, e um aumento ainda maior no desempenho gráfico. O Kirin 9000 tem, afinal, uma monstruosa GPU Mali-G78 de 24 núcleos.

Huawei Mate 40

O Huawei Mate 40 é a porta de entrada na família Mate 40, oferecendo especificações muito simpáticas, se bem que aquém do certo luxo oferecido por ambas as versões Pro.

Assim, o Kirin a bordo tem predicados menos superlativos. A versão Kirin 9000E que aqui encontramos chega com apenas um núcleo na NPU contra os 2 núcleos na versão standard, além de que a gráfica perde dois núcleos, para um total de 22. Ainda assim deveremos ter uma performance muito digna de quem procura a melhor performance do mercado. O chip será acompanhado de 8GB de RAM e 128GB de armazenamento interno.

O design é muito semelhante ao dos Mate 40 Pro e Pro Plus, com as câmaras alojadas num anel no painel traseiro e um ecrã curvo, mas os olhos mais atentos perceberão que existem diferenças. O ecrã é curvo, sim, mas não tão pronunciado, e algo mais pequeno, com 6.5 polegadas de diagonal. O ecrã OLED apresenta resolução FHD+ e taxa de atualização de 90Hz.

Quanto às câmaras, a Huawei foi mais frugal e apresenta um conjunto muito sólido de câmaras, mas menos revolucionário, isto porque não encontramos câmaras periscópicas para o zoom. Em vez disso contamos com uma câmara Super Sensing de 50MP f/1.9, uma ultragrande angular de 16MP e uma câmara zoom 3x de 8MP. A câmara de 50MP é a mesma das versões Pro, e, com as suas dimensões de 1/1.28 polegadas, apresenta o maior sensor no mercado em qualquer smartphone.

Finalmente, há a considerar a bateria de 4200mAh com carregamento rápido de 40W.

Huawei Mate 40 Pro e Pro Plus

Além da versão padrão, a Huawei apresentou duas versões Pro que se diferenciam fundamentalmente pelas diferentes capacidades de zoom, mas a isso regressaremos já de seguida.

Como já mencionamos, os Pro incluem o Kirin 9000 que será notavelmente mais potente em determinadas tarefas que o Kirin 9000E, já que possui dois núcleos extras na GPU e um segundo núcleo na NPU.

Em comum, os dois Pro possuem também um extraordinário painel OLED de 6.76 polegadas e resolução 2K, com taxa de atualização de 90Hz. Este painel é extraordinário por diversos motivos. Afinal, apesar de uma curvatura de 88º, o design permite a utilização de teclas físicas, se bem que a Huawei tenha implementado também botões virtuais, por exemplo para controlar o volume.

Numa perfuração alongada, os dois Pro incluem uma câmara de 13MP, mas também um sensor de profundidade com o que poderemos controlar o Mate 40 com gestos no ar, sem tocar no ecrã, incluindo acordar o dispositivo ou fazer scroll. Existe mesmo uma função eyes on que permite ligar o ecrã olhando simplesmente para ele.

Os Mate 40 Pro e Pro Plus integram igualmente altifalantes estéreo avançados, com baixos profundos e que utilizam o motor háptico para uma experiência multimédia mais imersiva.

O departamento fotográfico é francamente irrepreensível. Ele inclui um poderoso sensor de 50MP com OIS, e capaz de gravar em 4K a 60fps ou mesmo 3840fps em 720, com o que podemos parar no ar o espirro de uma mosca. Temos também uma Cine camera de 20MP que apresenta uma nova objetiva free form, a primeira no mercado para um smartphone, e que promete fotografias ultragrande angular sem a típica distorção. Finalmente temos uma câmara zoom 5X de 12MP em formato periscópico.

Aqui temos uma das grandes diferenças entre os Huawei Mate 40 Pro e Mate 40 Pro Plus, já que neste último caso contamos com uma câmara de 12MP com zoom 3X e uma câmara de 8MP com zoom 10X.

Chegados às baterias, contamos em ambos os casos com 4200mAh, com carregamento de 66W com fios e carregamento wireless de 50W. Fantástico, certo?

Preço e disponibilidade

O Huawei Mate 40 Pro estará disponível com 8GB de RAM e 256GB de armazenamento interno por €1199. O Mate 30 Pro+ custará significativamente mais, €1399, graças à utilização de cerâmica na construção e 12GB de RAM, acompanhados de 256GB de armazenamento. Finalmente, o Mate 40 estará disponível por €899.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here