O TCL 10 Pro chegou a semana passada a Portugal e, imediatamente, os mais atentos perceberam que tem a bordo um Snapdragon 675, processador capaz, mas que é geralmente encontrado em equipamentos mais baratos. Todavia, como vimos nas nossas primeiras impressões, este interessante smartphone aposta muito forte em funcionalidades e algumas delas são impossíveis de encontrar, ou extremamente raras, em smartphones desta gama de preço. Vamos conhecê-las, então?

Construção premium em vidro e metal

Tal como se encontra o mercado atual, o TCL 10 Pro tem não só dos designs mais únicos do mercado, será dos smartphones mais elegantes em qualquer segmento de preço. A qualidade da sua construção e dos materiais são predicados que podemos encontrar apenas em smartphones de gama alta, substancialmente mais caros.

Em particular, dois pontos são quase exclusivos das gamas mais altas: o ecrã AMOLED curvo, e o acabamento em vidro fosco do painel traseiro, com moldura em metal. Se olharmos bem de perto, na maioria dos equipamentos desta gama de preço veremos que o ecrã tem uma moldura a toda a volta, entre si e a moldura do smartphone propriamente dita. No caso do TCL 10 Pro, o ecrã encaixa-se diretamente na moldura lateral sem intermediários.

Em conjunto com a simetria das suas curvas e com o aveludado do vidro traseiro, o TCL 10 Pro é suave e confortável na mão e possui um excelente toque, que estaremos mais habituados a encontrar em smartphones de gama alta. A TCL quis um desenho muito limpo, e mesmo as quatro câmaras se mantêm niveladas com o painel traseiro, resultando num smartphone deliciosamente ergonómico que foi pensado para ser manuseado com gosto. Topo e base da moldura de alumínio são mesmo rematadas em nível, permitindo manter o TCL na vertical sem qualquer suporte.

Ecrã HDR10 com processador dedicado

Se os ecrãs AMOLED curvos são raros neste preço, os OLED em si são-no menos, e a tecnologia HDR já chegou a muitos equipamentos. Aquilo que ainda não chegou, é a combinação de ecrã AMOLED com HDR e um processador dedicado que permite fazer o upscalling de conteúdos SDR para HDR.

Esta feature é rara, mesmo em equipamentos de gama alta e permite extrair detalhe de conteúdos de baixa gama cromática para uma experiência notavelmente melhor. Ao mesmo tempo, a tecnologia NTXVISION altera não apenas a luminosidade, mas também os contrastes e a temperatura de cor dependendo da luz ambiente para manter uma legibilidade óptima dentro ou fora de casa.

Depois de passar pelo Plex, o funcionamento da tecnologia parece-me uma óbvia vantagem.

Certificação Widevine L1 para streaming em alta resolução

Muitos fabricantes costumam louvar as qualidades dos seus ecrãs, mas deixam de lado a publicidade à certificação Widevine disponível. Esta certificação de proteção de direitos digitais (DRM) permite às plataformas de streaming como a Netflix proteger os seus conteúdos e impedindo a pirataria.

Muitos smartphones da gama média não possuem certificação Widevine L1, ficando limitados a resolução de 480p nos principais serviços de streaming. Muitos concorrentes diretos do TCL, mesmo que pensemos que possuam hardware mais potente, estão limitados ao Widevine L3, pelo que não poderemos tirar o máximo proveito do nosso serviço de streaming, nem dos ecrãs hiper mega hype.

 

Câmara macro de alta resolução com flash

As câmaras macro são já muito comuns, na sua maioria com 2MP. Poucos são os smartphones com uma câmara de 5MP para fotografias macro, mas ainda menos são os que possuem ao mesmo tempo 5MP e autofoco.

Capaz de focar entre 2 a 5cm, a câmara macro de 5MP do TCL 10 Pro é uma raridade no segmento dos €500 e mesmo naqueles acima dele. Temos apenas de passar esta era de confinamento para realmente podermos ver o que ela vale.

Câmara big pixel para baixa luminosidade

O TCL 10 Pro traz 4 câmaras principais, sendo uma unidade de alta resolução de 64MP, uma ultragrande angular de 16MP e uma câmara macro de 5MP de que já falamos. A quarta câmara é igualmente especial, já que se trata de uma unidade de pixéis enormes (2.9 micrómetros) pensada para capturar vídeo em condições de luminosidade extremamente baixa.

Não vimos ainda esta câmara em ação, mas estamos certamente curiosos com o que ela consegue fazer. Poucos smartphones incluem uma câmara deste género, em qualquer gama de preço.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here