Se pensam que ainda precisam de uma câmara fotográfica para tirar boas fotografias, não usaram um Huawei nos últimos dois anos. Desde o Huawei P9 que a marca Chinesa tem apostado fortemente nos méritos fotográficos dos seus dispositivos. Não com marketing: com factos. O Huawei P20 continua esta vocação e apresentará duas câmaras emparelhadas, enquanto o P20 Pro terá mesmo três. E se dúvidas houvesse sobre quão impressionante será a fotografia no Huawei P20, surgiram as primeiras fotografias que à primeira vista acreditaríamos serem fruto de uma Leica profissional, mas são fruto da tecnologia mobile no Huawei P20.

Numa fotografia, os EXIF são os ficheiros com metadados que identificam coisas como o modelo da câmara e as definições que foram utilizadas na captura de uma imagem. Estes EXIF podem ser falsificados (como a LG já mostrou), mas vamos aceitar que neste caso são verdadeiros. Sendo-o, apontam claramente para o Huawei P20 cujo nome de código Emily se revê no EML-AL00.

Em termos de qualidade final de reprodução de cores e texturas, iluminação e composição, a fotografia poderia aparecer em qualquer Vogue.

A fotografia profissional sai do estúdio com o Huawei P20

Será o Huawei P20 assim tão impressionante? Com uma ampla experiência fotográfica, só posso dizer que com toda a certeza será, mas apesar de irmos ler e ouvir “qualidade SLR”, só em resolução completa poderíamos começar a ver reais diferenças entre o modo como o Huawei trata os pixéis minúsculos, face ao que uma SLR faz com sensores bem maiores.

O Huawei P20 mostrará sem sombra de dúvidas que vivemos numa era em que um smartphone de qualidade pode fazer fotografias de look profissional e fine art com o setup correto. É um erro pensarmos que tudo o que está numa imagem depende da câmara: um fotógrafo estuda a luz, o enquadramento, e pode passar horas numa localização para tirar uma imagem única.

Outros podem passar horas num estúdio a preparar o background, as luzes, os reflectores, para uma fotografia tirada a 1/500 de segundo. Quem tirou as fotografias que agora filtra para a Internet não só utilizou o Huawei P20, como lhe forneceu as ferramentas ideais para conseguir brilhar e criar uma fotografia profissional. As portas abrem-se por isso para aspirantes a fotógrafos e aficionados para criarem um produtos de imagem que seriam inimagináveis há pouco tempo.

Como sempre, da câmara fotográfica dependerá apenas uma porção do resultado final.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here