A Lenovo anunciou durante a CES 2022 as novas workstations ThinkPad Z13 e Z16, potentes equipamentos para profissionais exigentes. Ambas deveriam ao mercado em Maio, mas ficaram disponíveis apenas em Junho, dia 14 para a Z13 e dia 20 para a Z16. O atraso deveu-se apenas e só ao estado de confinamento que se vive atualmente na China, com a sua política de zero casos COVID.

A Lenovo ThinkPad Z13 oferece um apelo muito importante para uma nova geração de jovens profissionais e executivos, com o seu chassis de metal e design renovado que inclui acabamento com retoques em bronze e tampa em pele vegan. A sua novidade mais importante será talvez o apostar exclusivamente em processadores AMD quando a série é uma histórica utilizadora dos Intel.

Assim, a bordo encontraremos processadores AMD Ryzen Pro série 5 6650U e 7 6850U, mas também um CPU exclusivo da família, na forma do AMD Ryzen 7 PRO 6860Z, com um clock máximo de 4.73GHz. As especificações incluem ainda um máximo de 32GB de RAM LPDDR5 e 1TB de armazenamento PCIe Gen 4.

O ecrã é uma unidade de 13.3″ 16:10 com resolução máxima 2560 x 1600 para um OLED, mas existe também uma versão de baixo consumo com ecrã WUXGA 1920 x 1080. Novidade é também o trackpad novo sem teclas físicas e – pasmem-se – a troca das posições Fn e Ctrl que passam a ter uma ordenação mais universal com o Ctrl à esquerda.

A ThinkPad Z16 é uma versão aumentada da Z13 e, por isso, grande parte das nossas observações mantêm-se válidas. Mas a Z16 não tem a mesma CPU AMD Custom. Em vez disso, a opção máxima inclui um AMD Ryzen 9 PRO 6950H de 50W, acompanhado de 32GB de RAM LPDDR5 e 2TB de armazenamento. O modelo de 16″ é também o único que tem opção por uma gráfica dedicada, nomeadamente uma AMD Radeon RX 6500M com 4 GB GDDR6. 

Podem visitar a Lenovo para conhecer todos os preços e versões da ThinkPad Z16 e ThinkPad Z13.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here