A LG acaba de anunciar a disponibilidade mundial do LG G7 Fit, uma iteração mais económica do LG G7 ThinQ e uma abordagem interessante, revelada nas vésperas da IFA de Berlim. O dispositivo passa finalmente a estar disponível na Europa, com uma chegada a Portugal marcada para 21 de Novembro por €449, um valor substancialmente mais baixo que o do LG G7 ThinQ.

A maior “novidade” do LG G7 Fit é a utilização do Snapdragon 821, um chip oficializado no final de 2016, e que vai a caminho dos dois anos de existência. No entanto, este não deve ser um factor negativo, já que o chip continua a ser altamente competitivo e a performance estará a par e passo com chips mais recentes como o Snapdragon 710, cujos equipamentos andam pela mesma zona de preço.

A opção por este processador ainda particularmente poderoso permite à LG oferecer um LG G7 Fit com especificações muito semelhantes às do LG G7 ThinQ, e superiores às do típico smartphone com Snapdragon 710, nomeadamente um ecrã de 6.1 polegadas e resolução 2K que será interessante para multimédia. Trata-se de um LCD, não de um POLED como no caso do G7 normal. Face ao G7 perdemos também uma câmara e ficamos com uma unidade de 16MP f/2.2 capaz de vídeo 4K.

O LG G7 Fit é ainda equipado com 4GB de RAM e uma bateria de 3000mAH, mas o destaque tem de ir mesmo para a potente implementação áudio que volta a reforçar o seu apelo para o multimédia: o G7 Fit chega com um altifalante Boombox e quad DAC, com DTS:X 3D Surround. É um setup semelhante ao do LG G7 ThinQ, tornando-o certamente um dos melhores dispositivos para amantes de áudio nesta gama de preço.

A LG não se esqueceu obviamente da NFC, do reconhecimento facial neste ecrã de rebordos mínimos, nem do leitor de impressões digitais. O android, esse, é o Android Oreo, pelo que a modernidade do sistema operativo está acima de dúvidas.

Também em termos de qualidade de construção, o LG G7 ThinQ é uma oferta acima do normal na sua linha de preço. Afinal, o chassis de vidro e alumínio oferece certificação IP68 e MIL-STD-810, o que o torna certificado contra a entrada de água, poeira e choques. Estes pontos são potencialmente mais importantes do que o processador para muitos utilizadores que têm uma vida mais agitada e necessitam de robustez nos seus dispositivos. A esmagadora maioria dos dispositivos na gama dos €400 simplesmente não tem este nível de protecção e apresentam por isso fragilidade extra.

Finalmente, é interessante ver este dispositivo chegar a Portugal, onde a LG tem mostrado uma linha mais reduzida de produtos. Necessita certamente aumentar a diversidade de oferta para fazer frente à concorrência que enfrenta neste momento, e os utilizadores agradecem, já que existem no mercado poucas alternativas ao LG G7 Fit.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here