Com a data de lançamento a aproximar-se o LG G7 ThinQ começa a mostrar cada vez mais características centrais às suas funcionalidades, com os dados mais recentes a mostrarem que a aposta no áudio se dará outra vez em grande. Para sermos honestos, a LG sempre muniu os seus equipamentos de gama alta com excelente áudio e DAC dedicados, mas desta vez procura ir ainda mais longe.

Como anteriormente com o LG V30, o LG G7 ThinQ terá a bordo um Quad DAC com quatro conversores digital-analógico com redução da distorção harmónica para apenas 0,0002%.

Para ser ainda mais atraente para os amantes do áudio, a LG lançará no LG G7 ThinQ aquilo a que chama Boombox. A Boombox compreende um altifalante que foi colocado no interior do dispositivo e que utiliza o espaço interno como uma câmara de ressonância, uma espécie de sala de concertos em miniatura. Quando colocado sobre uma superfície, o LG G7 ThinQ utiliza esta superfície como um woofer para amplificar o som, aumentando o output em até 6dB.

Uma segunda característica nova é a utilização do DTS:X 3D Surround System. Este sistema que remonta a 2016 procura recriar som 3D e se geralmente requer pelo menos duas colunas e um subwoofer, é a primeira vez que o vemos num smartphone, onde será capaz de criar som totalmente 3D com apenas um par de auscultadores.

Estas melhorias em termos de áudio chegam numa altura em que muitas marcas abandonam o jack áudio, elemento que o LG G7 ThinQ manterá para grande vantagem. Neste sentido, o equipamento será sem dúvida um dos mais cobiçados em termos de qualidade áudio no segmento alto, mas será o suficiente para agradar a todos os utilizadores?

Anteriormente, a LG revelou também que o futuro ecrã do LG G7 ThinQ seria uma unidade LCD Super Bright Display, com ecrã secundário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here