Entre as diversas tecnologias anunciadas hoje, a TCL revelou a tecnologia NXTPAPER, o resultado de dois anos de estudos e inovações, combinando as capacidades dos ecrãs LCD com uma tecnologia de “papel” eletrónico que oferece inúmeras vantagens sobre os tradicionais e-ink, mas também sobre os LCD, incluindo zero emissões de luz azul ou cintilação, para serem os primeiros painéis de zero fadiga ocular.

A TCL pretende aqui oferecer aos leitores mais ávidos uma experiência o mais perto possível do papel em termos de cores e conforto ocular. Por isso, os ecrãs NXTPAPER não emitem luz azul, nem cintilam, e poderíamos confundir esta tecnologia com a e-ink, mas estaríamos errados.

Face ao e-ink, a NXTPAPER parece oferecer muitas vantagens. Graças a uma camada altamente reflectora, estes painéis são capazes de reutilizar a luz solar em sua vantagem e por isso oferecem 25% mais contraste que os e-ink, sendo 36% mais finos e oferecendo ainda uma eficiência energética 65% por comparação aos LCD. Isto porque, obviamente, não necessitam da sua própria fonte luminosa e, por isso, poupam tremendamente na bateria. No meio disto tudo, a TCL promete igualmente capacidade para reproduzir vídeo de forma fluída, sendo que o multimédia não é um forte dos e-ink atuais.

A TCL vocaciona estes painéis para os equipamentos maiores, como tablets, parecendo que existe aqui o potencial para um grande salto na qualidade dos ecrãs ao dispor dos utilizadores que preferem os seus tablets para ler. Para já, no entanto, a TCL não revelou nenhum modelo com esta tecnologia. Os tablets TCL 10 TABMAX e TABMID não a incluem, o que é uma pena. Teremos, por isso, de aguardar algo mais para ver quão boa a tecnologia é na realidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here