A Qualcomm está a ser fortemente ameaçada por uma onda de concorrentes Chineses que oferecem chips 5G com preços muito acessíveis. Não é só a Mediatek ou a Hisilicon, mas também a Unisoc que chegou recentemente ao mercado no Hisense F50 5G com o Unisoc T7510. A resposta da Qualcomm chegará com um novo processador Snapdragon da série 600.

E muito francamente, já vem tarde. O Snapdragon 765 é um processador excelente, mas caro, e ainda obriga as marcas a fazerem algumas concessões nas especificações globais. Uma parte da sua concorrência não pode chegar mesmo aos pés do Snapdragon 765 em performance, mesmo em conectividade, mas oferecem um preço muito mais interessante para massificar a tecnologia 5G e a Qualcomm foi apanhada desprevenida, quiçá demasiado confiante.

Portanto, a solução passará por alargar a conectividade 5G à família Snapdragon 600. Segundo o user Digital Chat Station, o modelo será o SD6350 e terá uma configuração octa-core com 2 núcleos de performance 2.246GHz, e 6 núcleos de eficiência a 1.804GHz. A gráfica será a Adreno 615 a 850MHz.

O prazo para o lançamento deste processador ainda não é conhecido, mas a Qualcomm não se pode dar ao luxo de esperar, porque a sua concorrência não está a dormir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here