Parece que não é somente o utilizador incauto que abre o email errado que fica infectado por vírus informáticos. Este Sábado, de facto, a TSMC emitiu um comunicado dando conta de diversas infecções nos seus equipamentos de fabrico de semicondutores, forçando a paragem temporária da produção. As boas notícias são que a fabricante já conteve a ameaça.

Esta é a primeira vez que a TSMC emite algum tipo de comunicado sobre a segurança informática das suas unidades de fabrico, pelo que temos que saber que o que se passou terá afectado seriamente as suas capacidades industriais. Várias máquinas terão sido afectadas por um vírus por nomear, tal como por nomear ficaram as unidades fabris afectadas e a dimensão total da infecção.

No entanto, e apesar de considerar a infecção controlada, a recuperação das máquinas afectadas está em curso e implicará custos e atrasos adicionais para diversos dos seus clientes. A TSMC espera igualmente que o problema tenha um impacto de 3% nos seus rendimentos para o terceiro trimestre.

Ora, a TSMC é um dos maiores fabricantes de chips mobile e tem entre os seus clientes Apple, Qualcomm ou Huawei. Mais precisamente, todos os chips a bordo dos iPhone de 2018 serão fabricados pela TSMC, pelo que existe o potencial para atrasar a produção dos futuros dispositivos móveis. Também a Huawei poderá ver-se afectada: o seu futuro HiSilicon Kirin 980 será fabricado no processo de 7nm da TSMC.

Não é claro neste momento se a TSMC foi alvo de um ataque específico e concentrado, ou se a infecção se terá dado acidentalmente.

DEIXE UMA RESPOSTA