Por esta altura já sabemos que os próximos flagships da Samsung, a oficializar no próximo dia 25 de Fevereiro, terão um leitor biométrico bem melhor colocado que os seus antecessores. Isso não impediu a Samsung de implementar uma evolução poderosa da sua leitura de íris. Com o nome de IntelligentScan, a nova funcionalidade combina o reconhecimento facial com a leitura da íris para o melhor de dois mundos.

Há algo muito estranho (e surpreendente) no ecrã do Samsung Galaxy S9

A funcionalidade foi agora descoberta e divulgada pelo Android Police e é descrita pela Samsung como a combinação de leitura de íris com reconhecimento facial para melhores resultados, mesmo em baixa luminosidade.

Existe mesmo um um vídeo exemplificativo dos sensores em funcionamento, mas sem grandes pormenores técnicos quanto a como tudo isto funcionará. À partida, o Samsung Galaxy S9 será equipado de um leitor de íris mais sensível, e combinará os dados com a câmara frontal para obter uma imagem mais completa em situações onde, por si só, nenhum dos métodos seja plenamente funcional. Poderá, claro, alternar simplesmente entre ambas as tecnologias conforme a luz ambiente e outras condições de utilização.

De momento, estas são as únicas informações de que dispomos, mas mais pormenores deverão chegar ao longo dos próximos dias. O Samsung Galaxy S9 tem-se mantido no topo dos rumores e pudemos já ver diversos renders do que será o seu possível aspecto. Especula-se igualmente que o futuro topo de gama da Samsung trará altifalantes estéreo, uma estreia na gama, além de uma câmara de abertura variável com capacidade para captura em câmara super lenta.

Tudo alinhado, o Samsung Galaxy S9 poderá ser bem mais do que apenas uma evolução discreta do Galaxy S8.

Novo sensor ISOCELL de 480fps pode ir parar ao Samsung Galaxy S9

DEIXE UMA RESPOSTA