George R. R. Martin será para muitos o autor da colossalmente apreciada saga A Guerra dos Tronos, mas com quase meio século de actividade literária, Martin tem imensas histórias e romances que valem a pena uma leitura aprofundada. Uma delas, que remonta à década de oitenta, parece estar prestes a ter uma série original SyFy. Falo de Nightlyers.

Nightflyers remonta a 1980, mas foi publicada em 1985 em versão alargada numa colecção de histórias curtas, e deu origem em 1987 ao filme do mesmo nome, que não foi particularmente bem recebido e tinha como cabeça de cartaz a sex symbol da altura, Catherine Mary Stewart, quiçá mais famosa por “Fim-de-semana Com o Morto”, o mítico “O Último Guerreiro do Espaço” ou “A Noite do Cometa”.

Mas isto era outra década. Agora, o canal SyFy e o Netflix parecem próximos de uma parceria que permitirá ao primeiro financiar a série e, ao segundo, fornecê-la no seu serviço uma vez transmitida pelo SyFy.

E os nomes envolvidos já são bastante atraentes, como Dan Cerone, produtor de Charmed, “O Mentalista”, “Motivo” ou “Constantine” e as excelentes “The Blacklist” e “Dexter”, entre outras, mas também Mike Cahill de “Outra Terra” ou “O Universo No Olhar”. Entretanto, o argumento fica a cargo de Jeff Buhler.

E o argumento leva-nos para o futuro, a bordo de uma nave espacial precisamente chamada The Nightflyer, numa rota de intercepção com uma outra nave alienígena que poderá ter o segredo para a sobrevivência dos seus tripulantes, pouco após a destruição da Terra e a quase extinção da espécie humana. Mas à medida que se aproximam do seu objectivo, os tripulantes começam a recear que a inteligência artificia da The Nightflyer e o seu capitão misterioso podem estar a planear entregá-los a indescritíveis horrores.

O canal SyFy cancelou recentemente a banal Dark Matter que pode parecer uma parente afastada de Nightflyers, e parece estar a apostar fortemente numa sucessora com maior paixão.

George R. R. Martin continuará vinculado exclusivamente à HBO com “A Guerra dos Tronos”, que deverá voltar aos nossos ecrãs em 2018 e terá um envolvimento potencialmente nulo na criação da nova série. Em vez disso, Martin continuará a desenvolver as séries sucessoras do seu maior sucesso literário e televisivo.

O The Hollywood Reporter indica que Nightflyers foi seleccionado em Junho e o episódio piloto já está em produção.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here