Apesar de já estar numa espécie de venda por convite, o Nothing Phone (1) ainda não foi efetivamente anunciado em todo o seu esplendor. Esse anúncio será dia 12, e mestre do hype que sempre foi desde a OnePlus, Carl Pei continua a ir revelando detalhes sobre o seu futuro primeiro smartphone deste novo projecto Nothing.

Agora, confirmou o processador que irá ser responsável pelo desempenho do Nothing Phone (1): será o Snapdragon 778G+, o que é algo surpreendente do ponto de vista estratégico, para lançamento de um primeiro chip. Poderíamos assumir um Snapdragon 870 ou outro, mas com o preço demasiado elevado dos chips mobile, a Nothing parece-me que tomou a decisão certa, poupando orçamento valioso num processador caro para optar por um chip bem querido e com uma excelente performance global que não deixará ninguém desiludido.

Assim, parece que sobrou dinheiro não só para a abordagem estilística única do Nothing Phone (1) com a sua iluminação traseira programável, ou interface Glifo, mas também para uma parceria com a Qualcomm que justifica o “+” no nome do processador. Segundo a marca, a Qualcomm adicionou suporte a carregamento wirelesse e wireless inverso ao processador, numa funcionalidade exclusiva do Nothing Phone (1).

Com isto, o Nothing Phone (1) será um dos poucos smartphones abaixo dos €500 com carregamento sem fios, uma espécie de oásis para muitos utilizadores (topas, Pedro?)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here