A publicidade dos smartphones via publicidade, é algo bem conhecido dos utilizadores Chineses, mas praticamente desconhecida do mundo ocidental que não a encara com bons olhos. A prática parece tão mais grave quanto os smartphones afectados podem ser equipamentos de gama alta pelos quais se paga bem, e a Huawei está agora sob escrutínio após alguns utilizadores começarem a reportar publicidade do Booking.com no seu ecrã de bloqueio.

As denúncias chegam de diversos países Europeus (e não só), indicando que a publicidade não está dependente da instalação da app Booking.com e surge quando está activado o fundo de ecrã dinâmico, com imagens a renovar-se cada vez que o ecrã fica activo. Na verdade, parece o tipo de implementação ideal para um serviço de viagens, mas está a gerar bastante confusão entre os usuários. Afinal, quando este tipo de publicidade é esperado, é claramente indicado pelas marcas, como no caso dos smartphones da Amazon Prime. Que uma marca conceituada inicie a prática sem aviso é menos ideal.

A publicidade não é ofensiva, mas deveria ter sido feito um opt-in, considerando que estão a ser afectados terminais de gama alta. Por cá, no trabalho, os Huawei de última geração, levaram uma boa parte da fatia da renovação dos equipamentos dos quadros médios e altos, e será potencialmente danoso que smartphones de trabalho exibam publicidade indesejada.

Para já, a Huawei nega qualquer envolvimento neste evento, indicando a origem em aplicações de terceiros, incluindo a app Booking.com, que muitos utilizadores indicam não ter instalada.

Como remover a publicidade indesejada?

Desactivar a publicidade da Booking.com é fácil, bastando desactivar os wallpapers da categoria Revista, ou optar por um fundo de ecrã estático simplesmente.

No entanto, podem existir outros pontos de entrada de publicidades indesejadas, como aplicações de terceiros e podemos procurar aplicações suspeitas na Play Store, indo à secção Os Meus Jogos e Apps e então ordenando pela última actualização.

Finalmente, nas Aplicações, podes procurar pelas apps com permissão para se sobreporem a outras, ou com acesso ao ecrã de bloqueio, removendo as permissões das que considerares suspeitas, até o problema deixar de se verificar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here