Um processador bom, realmente bom, é bom mesmo após um ano, mas em termos de marketing não fica particularmente bem vender hoje em dia um smartphone com o Snapdragon 865, mesmo o plus. A Qualcomm e a TSMC fizeram por isso um refresh interessante ao seu clássico processador, incluindo aumentar a sua velocidade para os 3.2GHz com uma consequente melhoria de performance, e ultrapassando os 3.13GHz do Kirin 9000.

O Snapdragon 870, ou SM8250-AC mantém os traços gerais do Snapdragon 865+, incluindo o fabrico em 7nm, a arquitetura com 3 Cortex-A77 a 2.42GHz e 4 Cortex-A55, além do Cortex-A77 a 3.2GHz e a mesma gráfica Adreno 650, se bem que não saibamos qual a frequência. O mais provável será ser a mesma do 865+, ou 670MHz. O Snapdragon 870 é efetivamente um mix dos 865 e 865+, utilizando partes de ambos. Por exemplo, recorre ao FastConnect 6800 do Snapdragon 865 original, em vez do FastConnect 6900 que equipa a versão 865+.

Em termos de conectividade, o Snapdragon 870 inclui Bluetooth 5.2 e WiFi 6, e para carregamento é compatível com Quick Charge 4+. Temos, obviamente, conectividade 5G através de um Snapdragon X55 compatível com mmWave e espectros sub-6GHz.

Porque é que este processador sequer existe? Bom, porque o Snapdragon 888 é caro como tudo e podem encontrá-lo em smartphones de mil Euros ou mais. Entretanto, o Snapdragon 765 já fica a uma distância razoável, e existem muitas marcas à procura de um processador suficientemente premium para equipar smartphones de gama alta sem chegarem a esse valor.

Se isto passará a ser uma coisa frequente, ou uma experimentação, logo veremos.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here