A Samsung oficializou finalmente o Samsung Galaxy S20 FE, ou Fan Edition, uma solução muito interessante para os fãs da marca que querem as garantias da sua qualidade de equipamentos e serviços, mas não o preço dos seus equipamentos de topo num mundo atual de ferozes guerras de preços. Eis então o Galaxy S20 FE, o que queremos num S20, a um preço muito mais atraente.

O Samsung Galaxy S20 FE é um integrante da família S20 em muito mais do que apenas o nome: a decisão certa da Samsung foi mesmo trilhar este caminho em vez de nos dar apenas um nome semelhante e hardware muito diferente. Assim, o Samsung Galaxy S20 FE apresenta os traços estilísticos gerais da família S20, incluindo o grande módulo fotográfico e um ecrã de rebordos mínimos que possui a perfuração mais pequena de qualquer Galaxy, para a câmara frontal. O acabamento “névoa” tem desde logo seis cores com predominância dos tons pastel, para um look muito apaziguador. O amarelo do S10 E, no entanto, não foi retido.

Portanto, falemos do ecrã! Trata-se de uma unidade Super AMOLED de 6.5 polegadas com resolução FHD+, com taxa de atualização de 120Hz, requisito muito em voga. Tradicionalmente conservadora, a Samsung não poupou na câmara frontal e dá-nos uma unidade de 32MP, a maior resolução que encontraremos na marca, na perfuração mais pequena.

Quanto às câmaras principais, a Samsung aposta numa tripla de 12MP, uma solução muito prática que permite ter a mesma resolução de 12MP na câmara principal com Dual Pixel e OIS, e na ultragrande angular. A única câmara mais pequena é a zoom de 8MP que garante um zoom 3x. É uma solução prática, sem artimanhas, e que deverá garantir uma qualidade transversal a todo o tipo de fotografia.

Há potencialmente uma excelente notícia, que muitos já aguardavam: o Samsung Galaxy S20 FE será declinado em versões 5G e 4G. Na versão 5G contaremos com o Snapdragon 865, com toda a poderosa performance que vem com isso, enquanto a versão 4G chega com o Exynos 990, um chip também muito bom, apesar da cotação da Qualcomm no mercado ser claramente superior. 8GB de RAM e 256GB expansíveis até 1TB fecham a configuração máxima. Mais uma vez, parabéns à Samsung por não disfarçar lucros extras na versão 4G com cortes noutras especificações, ao contrário do que vemos a acontecer com algumas marcas onde as versões 4G são francamente castradas.

Finalmente, chegamos à bateria: 4500mAh, o que é excelente, com 25W de carregamento com fios e 15W de carregamento sem fios, além de PowerShare para partilhar algum sumo com outros equipamentos wireless. É uma conveniência que muitos apreciarão para carregar rapidamente um relógio, auriculares, e que potencialmente mais do que compensa os 25W máximos de carregamento da bateria.

Querem falar do preço? A partir de 2 de outubro de 2020, o Galaxy S20 FE estará amplamente disponível em Samsung.com, nos operadores e retalhistas. As pré-vendas do Galaxy S20 FE e S20 FE 5G começam a 23 de setembro de 2020, desde 779,90€ e 679,90€, respetivamente.

Portanto, hora de falar da OnePlus: a marca tem sido uma pedra no sapato da Samsung, mas ao contrário de outras marcas clássicas, como a Sony, a Samsung soube responder. Há inúmeras razões para preferirmos um Samsung ou um OnePlus, sendo que a Samsung oferece obviamente um serviço mais amplo, uma qualidade inquestionável, e equipamentos com menos limites, mas a OnePlus capta desde logo aqueles para quem o preço é o decisor final. O Galaxy S20 FE compete por isso muito bem com o OnePlus 8, quiçá com o OnePlus 8T que será apresentado muito em breve.

Independentemente disso, o Samsung Galaxy S20 FE é dos mais competitivos smartphones com Snapdragon 865 no mercado, reunindo as mais fundamentais funcionalidades de gama alta, num preço de gama média.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here