A Honor tem cravado para si um grande nicho de mercado. Inicialmente uma sub-marca da Huawei pensada para um público jovem e compras online para rivalizar com a concorrente Xiaomi, um conjunto de boas decisões e uma aposta firme no design fizeram a Honor escalar para as preferências dos consumidor em termos de relação qualidade-preço.

Foi há menos de meio ano que escrevi sobre o Honor 8, e aquilo que disse em Maio mantém-se, mas agora temos por cá o Honor 9 e este dispositivo económico consegue superar o seu antecessor em todos os quadrantes, configurando-se como um equipamento bonito, completo, potente, francamente carismático.

Características técnicas

  • Processador: Kirin 960, octa-core 4xCortex-A73 e 4xCortex-A53;
  • Memória: 6GB de RAM, 64GBde armazenamento interno;
  • Câmara principal: 20MP + 12MP;
  • Câmara frontal: 8MP f/2.0;
  • Ecrã: IPS LCD 5.15 FHD
  • Sistema operativo: Android Nougat;
  • Bateria: 3200mAh;
  • Conectividade 4G: sim;
  • Leitor de impressões digitais: sim
  • Rádio: não
  • NFC: sim
  • Bluetooth 4.2
  • Carregamento rápido: sim

Lição em design topo de gama

Não é difícil ver o Honor 8 no Honor 9. As opções feitas pela equipa de design da Honor são amplamente evolutivas e trazem os traços gerais do Honor 8 para 2017. Será talvez possível que alguns lhe olhem de lado pela ausência de um ecrã bezel-less, mas fora esta postura tradicionalista, tudo o resto é irrepreensível.img_20170925_184834-01301934599.jpg

Se à frente se mantém o vidro 2.5D e os rebordos relativamente modestos, o painel traseiro tem uma mudança profunda no sentido em que as laterais são agora curvas, oferecendo um novo relevo a ser explorado pelas “linhas lumia” que criam um irisado muito dinâmico sobe a superfície do vidro. Era um dos pontos mais atraentes do Honor 8 e continua a sê-lo aqui.

No nosso exemplar azul, a superfície é praticamente espelhada e atraente, e tenho que destacar os acabamentos impressionantes. Sem arestas ou protuberâncias onde não devessem estar, o Honor 9 exibe o resultado do que terá sido um exímio trabalho de acabamento na linha de montagem.

Além de muito ergonómico, o design é fundamentalmente limpo, com as câmaras a não causarem qualquer protuberância no painel traseiro, à custa de estabilização óptica de imagem, é certo, mas certamente uma opção agradável.

Com um design limpo, elegante e acabamentos irrepreensíveis, o Honor 9 atravessa aquela linha que separa por vezes os objectos tecnológicos da arte e do estilo, para ser um dos mais visualmente impressionantes equipamentos do ano.

A potência do Huawei P10 por um preço mais apetecível

Tal como o Honor 8 antes de si, o Honor 9 é em essência um Huawei P10, mantendo deste equipamento os principais traços, incluindo o muito capaz processador Kirin 960. Este é um chip que se encontra dentro do recreio de outros chips, especificamente o Snapdragon 820 ou o Exynos 8890, e é capaz de rivalizar com eles para as tarefas mais pesadas do quotidiano.

Com 4GB de RAM e 64GB de armazenamento interno na sua versão base, o Honor 9 posiciona-se de forma bastante agressiva face a outros concorrentes, alguns de marcas com maior renome, e dificilmente poderemos dizer que tem lacunas quanto à capacidade de encaixar multitasking e amplas exigências em termos de ocupação do espaço interno com vídeos 4K e fotografia.

Do ponto de vista da performance absoluta, o Honor 9 oferece aos utilizadores toda a capacidade do Huawei P10, por um preço que pode ser até €200 mais barato, e ainda levamos um equipamento francamente mais bonito.

Há um ou outro tradeoff, obviamente. Perdemos por exemplo a protecção IP68 do Huawei P10, pelo que este último será simplesmente o mais resistente do dois a danos acidentais.

Áudio by Monster

Se o Huawei P10 colabora com a Leica para ter câmaras de qualidade superior, o Honor 9 encaixa o som da Monster. Esta parceria significa que a Monster foi responsável pela afinação do DSP (Digital Signal Processor) do Honor, enquanto o altifalante mono foi afinado por Rainer Maillard.

Bom, mas é apenas um altifalante mono, e isso é pena. O resultado das parcerias está no entanto à vista com um volume razoavelmente alto e denso.

É muito melhor via jack áudio. O áudio que por aí sai tem profundidade, separação, e um excelente peso nas baixas frequências. Mesmo com auscultadores baratos percebemos logo como o som tem mais textura que na maioria dos smartphones onde é fino e flat.

Honestamente, o áudio que ouço ali no jack é ainda melhor que no meu Mate 9, incluindo com DTS ligado.

Para tornar as coisas mais interessantes, a Monster lançou recentemente auriculares afinados para o Honor 9, o que deverá criar resultados muito interessantes.

Se vais passar umas boas horas a ouvir música, o Honor 9 surpreende com um coice bem acima da sua gama de preço.

Câmaras fotográficas avançadas

Bom, obviamente que não temos aqui a chancela Leica para comprovar a qualidade das câmaras do Honor 9. Tirando da frente o menos bom, as câmaras parecem andar algo atrás das do Mate 9 em termos de resolução de detalhe e a abertura de f/2.2 não nos encoraja em baixa luminosidade.

img_20170925_183851-1977831091.jpg

Por outro lado, a qualidade das imagens é no geral muito boa, com o HDR a funcionar de modo discreto.

Do lado positivo, a app possui um modo de fotografia “profissional” com funcionalidades completas, incluindo tipo de fotometria ou de foco. É o tipo de app que nos dá algumas vantagens e acima de tudo torna a fotografia menos automática e mais envolvente.

Surpresa das surpresas, podemos mesmo fazer um modelo 3D de um rosto, para montagens supimpas!

Características técnicas polivalentes

Esta análise pretende ser uma paragem rápida para quem quer saber o que vale o Honor 9 e, por isso, não me estou a alongar em detalhes. Quem quiser ir mais a fundo na questão terá a oportunidade de o fazer na nossa análise mais aprofundada.

No entanto, um ponto muito a favor do Honor 9 que convém destacar é a amplitude das suas características. Pouco falta aqui, quiçá o rádio, se for algo de que gostam, mas tudo o resto pode ser encontrado, incluindo NFC, aliado a uma construção realmente fantástica. O Honor 9 configura-se assim como o real concorrente directo do OnePlus 5, com um preço que dificilmente conseguimos acreditar. Será realmente dos melhores equipamentos do mercado neste campo.

Expectativas

Obviamente que um smartphone não pode ser reduzido a cinco pontos de destaque, mas quem quer decidir já o que comprar, fixa com uma visão alargada do dispositivo. Todos os outros podem ficar atentos à nossa review completa para muito breve.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA