Já não é novidade que a Microsoft está a trabalhar num browser Edge baseado no Chromium, a mesma base do Google Chrome, numa espécie de “se não podes vencê-los, junta-te a eles”, e os utilizadores podem já ter um gostinho deste novo browser em dois tipos de actualizações: Dev ou Canary.

Para os mais aventureiros, as versões Canary são actualizadas diariamente e incluem as mais recentes implementações e correcções, mas podem ser menos estáveis à falta de testes profundos. Por outro lado, a versão Dev é lançada após testes por parte da equipa Edge da Microsoft. No futuro, uma versão Beta existirá, actualizada a cada 6 meses, mas para já a Microsoft está interessada em desenvolver o seu browser com a partilha de dados dos canais anteriores.

O look do Edge baseado no Chromium é muito semelhante ao do Edge normal, importando inclusivamente os favoritos que já temos no Chrome, por exemplo, mas oferecendo desde logo uma possibilidade de personalização do ecrã principal, consoante quanta informação queiramos aí ver, mal abramos o browser.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Porquanto as análises apontem para uma melhoria de performance, inclusivamente sobre o Chrome, o Edge Chromium é ainda um bicho desconhecido. As melhorias podem dever-se simplesmente à substituição do motor EdgeHTML pelo Blink Os menus são, para já, praticamente idênticos aos do Edge, mas além das extensões já conhecidas, temos uma nova categoria, a das apps. Isto significa que os utilizadores poderão instalar apps progressivas para aceder por exemplo a redes sociais.

Para já, só utilizadores com Windows 10 podem fazer o download do Edge Chromium.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here