Parece estar ao rubro a corrida pela capacidade de carregamento mais rápida do mercado. Ao longo dos últimos dias, a IQOO anunciou carregamento rápido de 120W e agora a Oppo cumpriu o que já se esperava e anunciou a sua tecnologia de carregamento com fios a 125W, além de carregamento wireless a 65W.

A tecnologia revelada hoje pela Oppo inclui igualmente carregador GaN de 110W e inclui suporte para USB-PD a 65W, USB-PPS a 125W e é compatível igualmente com os atuais dispositivos SuperVOOC de 65W. A potência de carregamento permitiria carregar uma bateria de 4000mAh em cerca de 15 minutos, mas com a temperatura máxima a manter-se nos 40ºC graças a 10 sensores de temperatura, o carregamento nestas circunstâncias demorará 20 minutos.

Como é comum nestas tecnologias de carregamento super rápido, a bateria será efetivamente dividida em duas unidades com carregamento em paralelo e microcontroladores de 128 bits estarão em ação para controlar a voltagem e a corrente para um carregamento estável, seguro e adaptável.

Finalmente, a vida útil das baterias é sempre uma consideração, e a Oppo diz-nos que após 800 cargas, a bateria ainda reterá 80% da sua capacidade.

Chegamos então ao carregamento wireless de 65W para o qual a Oppo apresentou uma doca conceptual AirVOOC que poderá carregar 4000mAh em apenas 30 minutos. O desenho foi optimizado para reduzir a interferência entre as bobines para assim permitir o carregamento mais rápido, mas incluirá ainda assim um dissipador e uma ventoinha para manter as temperaturas de doca e smartphone sob controlo.

Carregadores GaN de 110W e 50W

Por último, a Oppo anunciou dois carregadores GaN interessantemente compactos, com o carregador de 110W a ocupar a mesma área de um típico carregador de 18W, enquanto o carregador de 50W tem uma espessura de apenas 1.05cm.

O que a Oppo não disse foi quando estes equipamentos estariam no mercado, ou quando poderíamos ver um smartphone equipado com esta tecnologia. Se a Xiaomi há muito que anunciou a sua tecnologia de 100W, mas a sua presença no mercado só deverá dar-se em Agosto se tudo correr bem, a Oppo pode efetivamente demorar a encontrar o nível certo de segurança e fiabilidade das linhas de montagem para colocar esta tecnologia no mercado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here