Ao contrário de algumas conterrâneas, a TCL é uma marca que se sente perfeitamente confortável em não saturar o mercado com um sem-número de smartphones com pequenas diferenças entre si. A sua segmentação é clara, simples, e fácil de compreender, não colocando qualquer dificuldade a quem sabe o que quer. Assim, o TCL 20 Pro 5G é o smartphone para quem quer uma experiência de utilização premium, com design soberbo e materiais de topo, enquanto o TCL 20 5G é o smartphone para quem quer apostar no 5G sem sacrificar especificações ou orçamentos. Na base desta escada temos então o TCL 20 SE, um smartphone budget que podemos encontrar abaixo de €200, mas se é barato, não será olhando para ele que o perceberemos.

Especificações TCL 20 SE

  • Processador e memória: Qualcomm Snapdragon 460, 4GB LPDDR4, 64GB de armazenamento interno expansível;
  • Display: IPS LCD de 6.82″, HD+ (720 x 1640);
  • Fotografia: 16MP f/1.8, 5MP f/2.2 ultragrande angular com 115º, câmara macro de 2MP, sensor de profundidade de 2MP, câmara frontal de 8MP;
  • Conectividade: Bluetooth 5.0, GPS/GLONASS/Galileo/BDF, NFC, rádio FM;
  • Bateria: 5000 mAh com carregamento rápido de 18W;
  • Dimensões: 172.1 x 77.1 x 9.1 mm, 206g

Soberbo em verde

Cá em casa, os novos smartphones da família TCL 20 fizeram as rondas da casa, mas quando o TCL 20 SE saiu da caixa, foi para um “aaah!” coletivo. Quando foi a última vez que ouviram um “aaah!” por causa de um smartphone de €200?

Provavelmente nunca. E isto diz muito do excelente trabalho que a TCL fez no design do TCL 20 SE. Pensem neste equipamento como uma versão budget do TCL 20 5G, cujo design efetivamente herda, especificamente o painel traseiro em plástico com linhas muito limpas e um acabamento em duas texturas: uma mais baça, outra mais espelhada, sempre dentro do mesmo tom. Esta lista espelhada dá-lhe um cariz mais desportivo e o verde aurora é especialmente bem conseguido. É uma cor muito forte e agradável, rara em smartphones, mas que recompensa quem aposta nela. Tem uma tonalidade entre o verde e o azul que a torna muito difícil de captar com exatidão com a câmara, mas é convincente ao vivo.

O módulo fotográfico é exatamente igual ao do TCL 20 5G, agrupando quatro câmaras numa secção escura rodeada por uma secção deslocada com o mesmo acabamento do painel traseiro. A grande diferença em relação ao TCL 20 5G é a presença do leitor biométrico atrás, em vez de na tecla lateral.

O TCL 20 SE é de plástico. Não é algo que surpreenda neste segmento de preço. A lateral direita concentra as teclas de bloqueio e volume, enquanto a lateral esquerda concentra a bandeja SIM e a tecla configurável. Um jack de áudio é muito óbvio no topo, enquanto a base exibe uma porta USB-C ladeada das perfurações de um dos altifalantes, e do microfone de cancelamento de ruído. Leram bem: altifalantes, já que o TCL tem dois altifalantes, sendo o segundo o auscultador acima do notch em V do ecrã.

Tudo somado, este smartphone tem muito estilo para um equipamento deste preço.

Rei do Multimédia budget

Com o TCL 20 SE, a TCL quis oferecer ao mercado um equipamento com características-chave completas, onde nada fica de fora, apesar do preço muito em conta. É por isso que, além dos altifalantes estéreo, não ficou de fora a conectividade NFC, o rádio FM ou o áudio de 24 bits/192kHz. Portanto, com um ecrã HD+ de 6.82″, aliado ao áudio sólido, o TCL 20 SE parece muito virado para os que querem consumir multimédia, principalmente vídeos, seja em streaming, seja nas redes sociais. É importante não esquecer que a TCL oferece também aqui a tecnologia NXTVISION que melhora a imagem em tempo real e apresenta cores mais dinâmicas e de nível HDR.

De facto, a TCL sempre produziu ecrãs baratos muito convincentes e o IPS LCD do TCL 20 SE parece conseguir um excelente compromisso entre detalhe e luminosidade, oferecendo ambos na quantidade suficiente, com ângulos de visão que surpreendem pela positiva a este preço. Novamente, são predicados muito atraentes para um smartphone multimédia.

Face ao TCL 10 SE, o TCL 20 Se tem uma bateria ligeiramente maior de 5000mAh e que carrega a 18W, tal como os restantes TCL 20, mas na caixa a TCL incluiu apenas um carregador de 10W. Melhor que nada, certo? Menos fácil de compreender é que a TCL tenha destinado ao nosso mercado uma versão que leva um departamento fotográfico mais contido, trocando a câmara principal de 48MP por uma de 16MP, e a frontal de 13MP por uma de 8MP. Bom, a guerra dos píxeis tem muito que se lhe diga e não é linear que fiquemos melhor serviços com uma câmara ou com outra.

As primeiras imagens que captei com o TCL 20 SE têm uma gama dinâmica aceitável sem ser extraordinária e a reprodução de detalhes é muito razoável, se bem que o HDR tenda a deixar halos muito pronunciados no céu. Parece-me que, dentro do segmento, estaremos bem servidos.

Primeiras impressões

Munido de um Snapdragon 460, o TCL 20 SE não compete com os seus irmãos em termos de performance. Este é claramente um smartphone mais relaxado para quem quer passar um bom bocado com os seus filmes e séries e mobiliza para isso um ecrã que parece muito capaz, altifalantes estéreo e ainda uma bateria de 5000mAh que não nos deixará ficar pendurados durante umas boas horas.

No fundo, por este preço é interessante que não lhe falte realmente nenhum ponto importante. Os smartphones neste segmento de preço não costumam ter este equilíbrio de especificações, nem costumam ter um design tão simpático e sabem o que dizem: os olhos também comem. E aqui comem bem, por pouco dinheiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here