O Model 3 da Tesla foi muito falado mesmo antes do seu lançamento, gerando um grande burburinho e resultando num grande número de encomendas. Contudo, a Tesla não tem conseguido dar resposta aos pedidos o que tem levado a que alguns possíveis futuros condutores de um Model 3 estejam a pedir o reembolso da sua reserva.

Assim, no início deste mês Elon Musk comunicou aos seus trabalhadores que iria haver uma reorganização interna da empresa. O dia prometido chegou agora e Musk revelou num email que a empresa irá cortar nove porcento dos postos de trabalho.

Este corte é justificado com o rápido crescimento da empresa que resultou na duplicação de papéis. Assim, com a dispensa de alguns dos seus trabalhadores, o dono da Tesla pretende que a empresa se torna a partir de agora mais lucrativa, reduzindo assim alguns custos.

Se depois desta notícia já está a questionar-se se mesmo assim Elon Musk se mantém optimista em relação ao Model 3 e à meta que tem para atingir, a resposta é sim. O empresário afirma que os cortes não afectaram os responsáveis de produção e que, por isso, nos próximos meses irão conseguir atingir os objectivos que tinham sido estabelecidos para o Model 3.

Independentemente deste corte, Musk diz ainda que a empresa irá continuar a contratar pessoas talentosas que se destaquem para papéis importantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here