Esqueçam tudo o que sabem sobre carregamento rápido: com o anúncio hoje, por parte da Xiaomi, de um carregamento rápido de 100W, carregar uma bateria tornou-se quase fulminante.

Muitos anos atrás, quando nasceu a lenda dos Nokia de bateria eterna, carregar uma carga completa demorava quase tanto tempo quanto ficar sem ela. Eram os tempos em que comprávamos um telemóvel e tínhamos de passar a noite a carregá-lo para o podermos utilizar. Podem imaginar a expectativa?

Em anos recentes, carregar uma bateria tornou-se uma tarefa bem menos complicada, menos limitada também, e marcas como a Huawei habituaram-nos a carregamentos que duram pouco mais de uma hora. A Oppo foi, entretanto, mais longe e, com a Super VOOC, promete carregar 40% de uma bateria em apenas 10 minutos. A Xiaomi supera agora tudo o que poderíamos imaginar com este carregamento de 100W que conseguiu carregar 100% de uma bateria de 4000mAh em apenas 17 minutos, deixando a Super VOOC plantada nos 65%.

A Xiaomi chama a esta tecnologia Super Charge Turbo, francamente porque nesta fase já faltam superlativos para algo tão impressionante, mas não é claro quando chegará esta tecnologia ao mercado. Mais no final do ano com o Xiaomi Mi Mix 4?

A Super Charge Turbo é um prodígio da tecnologia, mas é legítimo que neste momento tenhamos algumas perguntas, quanto à geração de temperatura durante o processo de carregamento e à durabilidade das baterias carregadas deste modo. Afinal, tanta tensão não há-de ser particularmente saudável para a bateria e, muito mais do que a tecnologia do carregador, quero ver qual a tecnologia da bateria.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here