Quando compram um computador de gaming, alguma vez tiveram a sensação que estão a pagar todas as linhas e luzes e opções estéticas complexas que estes computadores oferecem numa tentativa de se diferenciar? Se sim, a nova linha Dell G de portáteis de gaming é do máximo interesse daqueles que percebem que as melhores ferramentas podem ser as mais eficientes, não as mais enfeitadas.

O ano passado, a Dell, que é actualmente a casa-mãe da Alienware, revelou a gama de portáteis de gaming Inspiron, um conjunto de equipamentos que prescindiam de todo o bling-bling tradicional dos computadores de gaming, para apostar num núcleo duro de características de hardware a preços acessíveis, que garantiam que os gamers casuais conseguiriam manter uma vantagem competitiva ainda que os seus teclados e ventoinhas não brilhassem no escuro.

Ora, como a gama Inspiron é mais facilmente reconhecida pelos portáteis budget para estudantes, a Dell tomou este ano uma decisão sensata e a sua gama de gaming passou a família Dell G-Series. G de “gaming”, G de G-force. O que seja: o G é bélico, marcial, e é com esta nova família que a Dell que oferecer aos gamers em todo o mundo armas aprimoradas para a vantagem competitiva que procuram, focando o essencial, contornando o estético.

Ao todo, a família Dell G-Series terá o modelo base Dell G3, o intermédio Dell G5 e o Dell G7. Se olharem atentamente para estes dispositivos, o design é sóbrio e discreto, mas por dentro não há nada de trivial: o modelo base Dell G3, que começa nos €740, pode ser equipado com chips Intel de 8ª geração e uma gráfica Nvidia GeForce GTX 1060 Max-Q. As opções de ecrã são de 15 ou 17 polegadas.

Entretanto, com o modelo G5 podemos ter uma máquina com a potência de um Core i7, e o modelo G7 inclui um ainda mais potente Intel Core i9, todos Coffee Lake. Ainda assim, os modelo base do G7 não começa algo acima dos €800, para um hardware que noutras marcas pode custar bem mais dinheiro, graças aos RGB e luxos estéticos usuais. Para a economia contribui também a limitação do armazenamento a sistemas híbridos com 128GB SSD para sistema e 1TB de HDD que encontramos em algumas configurações. 256GB SSD é o máximo que encontraremos aqui, mas o áudio é Waves MaxxAudio Pro e a Dell não se esqueceu das portas HDMI e Thunerbolt 3.

Por menos de €1000, os novos Dell G-Series são dos equipamentos gaming mais modernos que podemos encontrar neste tipo de preço. Não tenho um em mãos para afiançar muito, mas gosto da abordagem, já que com uma abordagem minimalista, a Dell parece ter conseguido oferecer equipamentos discretos que se tornam muito democratizantes para o público em geral, abrindo novas portas de competitividade para os gamers mais frugais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here