Pode este ser o renascimento do flagship killer? O termo é utilizado avulso, e a OnePlus praticamente o inventou, mas o seu caminho levou-a para longe do conceito e, com ele, foi alguma da sua mística. O OnePlus Nord 2 5G é um passo na direção certa: a marca quis recriar no segmento dos €400 a experiência de um flagship. Mas, o que é a experiência flagship? Muitas marcas se têm debruçado sobre esta fórmula: a Realme com o Realme GT, a TCL com o TCL 20 Pro 5G, para citar alguns nomes apenas. Vejamos o que tem a OnePlus a dizer.

Tem, obviamente, muito a dizer. O OnePlus Nord 2 5G traz predicados muito importantes que lhe permitem negociar o preço na gama média, enquanto oferece características premium. Assim, o destaque vai para a presença do novo MediaTek Dimensity 1200 AI. Este octa-core é um processador poderoso em si mesmo, mas o sufixo “AI” pretende mostrar-nos que este processador foi adaptado às necessidades específicas da OnePlus em parceria com a MediaTek. É, assim, o primeiro MediaTek a encontrar o caminho para o interior de um OnePlus, uma marca mais do que conhecida por apostar desde sempre nos Qualcomm. Era, de facto, um dos seus grandes trunfos primordiais.

A fórmula muda agora, claro, porque a MediaTek também soube reencontrar-se até voltar a criar processadores atraentes para as marcas e para os consumidores. O Dimensity 1200 propriamente dito é fabricado em 6nm e aposta nos novos Cortex A78, dos quais mobiliza quatro, um deles a 3.0GHz, os restantes a 2.6GHz. Acaba por ser um processador capaz de rivalizar com alternativas como os Snapdragon 865+/870, oferecendo excelente custo-benefício. No OnePlus Nord 2 5G, o Dimensity 1200 far-se-á acompanhar de um máximo de 12GB de RAM, e até 256GB de armazenamento.

Uma bateria de 4500mAh tratará da autonomia e poderá ser carregada em apenas 30 minutos, graças ao Warp Charge de 65W.

Exteriormente, o OnePlus Nord 2 5G conta com um ecrã de 6.43 polegadas FHD+ AMOLED com 90Hz de taxa de atualização. A OnePlus é uma pioneira os 90Hz, mas é com alguma surpresa que não aposta aqui nos 120Hz. O multimédia é muito bem servido por este ecrã, de qualquer modo, que se faz acompanhar de um par de altifalantes estéreo.

Se o OnePlus Nord original contava com duas câmaras frontais, o OnePlus Nord 2 fica com apenas uma, de 32MP, uma boa resolução para streaming e produção de conteúdos. As câmaras frontais múltiplas pareceram tornar-se um chamariz das marcas, mas não sei se chegaram a descolar e, por isso, talvez ninguém chore a perfuração mais reduzida.

Atrás encontramos outras três câmaras, a principal sendo a Sony IMX 766 que também encontramos no OnePlus 9 Pro. O sensor moderno conta com Digital Overlap HDR, estabilização ótica de imagem e – obviamente – resolução de 50MP. Faz-se acompanhar de uma modesta ultragrande angular de 8MP, e também um sensor monocromático de 2MP.

Quando o OnePlus Nord foi oficializado há pouco mais de um ano, vaticinei-lhe uma vida difícil, ao não se distinguir demasiado da sua concorrência. O OnePlus Nord 2 5G faz algumas apostas interessantes para se tornar mais apelativo e aproximar da fórmula flagship killer: a performance leva um boost com a chegada do MediaTek Dimensity 1200, a câmara principal e o carregamento chegam diretamente dos topos de gama da marca. Juntem a isto o look renovado e o OnePlus Nord 2 5G será um noz dura de roer pela concorrência.

Disponível em Blue Haze e Gray Sierra, o OnePlus Nord 2 5G estará disponível na Europa a 28 de Julho por €399 para a versão com 8/128GB e €499 para a versão com 12/256GB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here